Lendo agora:
Mudas clonais
Matéria Completa 1 minutos em média para ler

Mudas clonais

O sítio dos irmãos Sergio e André Kalk possui um dos maiores viveiros de mudas clonais de café do estado. As pesquisas foram iniciadas em 2005. No ano passado, foram produzidas e comercializadas mais de 1 milhão de mudas para produtores de Rondônia e do Mato Grosso. Três clones são destacados pelo produtor: os números 41, 80 e 88. Os irmãos Kalk, em parceria com o amigo e produtor Tiago Novaes, produzem cerca de 20 hectares de café. Os clones garantem uma produtividade média de 100 sacas por hectare. “Há poucos anos, a média em Rondônia era de 17 sacas”, lembra Sergio. “Mas hoje, por causa dos clones, já temos produtores do estado com médias acima das 140, 150 sacas por hectare”. Ele explica que um dos segredos da alta produtividade é a utilização de mudas clonais fornecidas pelo viveirista. “O viveirista já testou e comprovou o sucesso das mudas, se o produtor for querer fazer pesquisa por conta própria vai perder muito tempo e dinheiro até conseguir algum resultado, a muda clonal do viveiro é garantida”, explica Sergio.

Comentários Facebook
Digite o que deseja procurar e pressione Enter