Lendo agora:
O PORTO DE MANAUS
Matéria Completa 2 minutos em média para ler

O PORTO DE MANAUS

O maior estado brasileiro é banhado pela bacia hidrográfica amazônica, que concentra 20% da água doce do planeta e possui a maior cobertura vegetal tropical da Terra. É exuberante em sua biodiversidade, e vem ao longo dos anos revelando imenso potencial para a geração de riquezas. A capital, Manaus, com mais de dois milhões de habitantes, oferece aos visitantes monumentos históricos e belezas naturais inesquecíveis, como o “Encontro
das Águas”, onde os rios Negro e Solimões se mantém divididos por centenas de quilômetros até formar o gigantesco Amazonas.

 

MANAUS
A capital do Amazonas é um porto fluvial com pontos de referência que datam do ciclo da borracha de finais do século XIX. Metrópole com mais de dois milhões de habitantes, oferece aos seus visitantes monumentos históricos e belezas naturais inesquecíveis, como o Encontro das Águas, onde os rios Negro e Solimões se juntam para formar o gigantesco Amazonas. Para os turistas, existe uma grande diversidade de passeios de barco em grandes rios ou por estreitos igarapés, o contato com a comunidade indígena, além da observação da fauna e da flora nas áreas de proteção ambiental e parques naturais. O turismo ecológico tem sido cada vez mais determinante para o desenvolvimento dos municípios, a exemplo de Presidente Figueiredo e Anavilhanas, que contam com mais de 100 cachoeiras, grutas e corredeiras que possibilitam a prática de rafting, bóia-cross, tirolesa, entre outros esportes. Nestas expedições, é possível observar santuários de papagaios, redutos de macacos guaribas, cachoeiras e vilas ribeirinhas durante o percurso de barco. E esse mesmo curso d’água leva ao Parque Nacional de Anavilhanas, um arquipélago com cerca de 400 ilhas e pontos para fazer caminhadas ou observar animais,e até o Parque Nacional do Jaú, que exige pelo menos dois dias de excursão.

Comentários Facebook
Digite o que deseja procurar e pressione Enter